29
Jan 09

..............porque, de um modo geral, não temos temos para dar aos outros....não temos tempo para ouvir os outros....

A vida é demasiado competitiva, demasiado agressiva mesmo.....e nesse espaço de tempo que se chama dia....não temos tempo para ouvirmos os outros....

Os outros têm também inquietações, ansiedades, temores, episódios menos bons, dificuldades maiores ou menores...

Saber ouvir os outros é reconhecê-los comos seres humanos, é manifestar~lhes que são importantes, é preenchê-los de afectividade....

Saber ouvir os outros...é dar-lhes a mão....

Dar um pouco do nosso tempo aos outros.....é sorrir ao coração....

Saber dialogar, e isso é fundamental numa relação interpessoal, é também saber ouvir...

E ouvir não é escutar apenas....é transmitir compreensão ao outro, contacto visual e afectivo....

Saber ouvir....é dizer que ninguém está sózinho....

 

publicado por antonioramalho às 11:45
sinto-me: Feliz por viver

.........nas relações humanas interpessoais....porque o amor é liberdade!

O amor não é uma prisão, nem deve ser....O outro ser humano tem que ser ele próprio, ter o seu próprio espaço dentro do relacionamento, tem que crescer a partir dele próprio.....

Colocar amarras...é despertar o medo...E o medo afasta o amor..... As amarras sufocam o amor lenta e continuadamente......

A outra pessoa tem que crescer de dentro para fora e não de fora para dentro...É um processo evolutivo que subentende um espaço de reflexão, introspecção e amadurecimento....

O outro(a) é aquele qué é...ama aquilo que ama...e quer aquilo que quer......e não aquilo que queremos que ele seja ou sinta ou queira....Tem que ser ele nas suas próprias decisões e opções...

E para que isso aconteça é necessário ter um espaço para crescer...Caso contrário, contrai-se no seu próprio existir.....

Ou seja, para que um relacionamento cresca e evolua, é necessário que cada um tenha a sua própria identidade.....que partilhem tudo o que de bom há a partilhar num relacionamento, mas que sejam eles próprios sempre....

publicado por antonioramalho às 09:58
sinto-me: Feliz por existir

25
Jan 09

.....numa relação a dois.....

O hoje é diferente do ontem..E as pessoas também são diferentes....Mudam....Muita coisa mudou desde ontem...

Este é um dos segredos duma relação interpessoal.....A cada momento novo, voltar a relacionar-se "de novo".....

Voltar a tentar conhecer e compreender o outro(a), voltar a conquistar o outro(a)...

Nunca assumir ninguém como garantido...porque isso não existe...Ninguém é de ninguém...

O assumir do outro(a) como garantido..é verdadeiramente a destruição da própria relação....porque surge....o ciclo da monotonia e da destruição....

O ciclo da monotonia e da repetição leva a que as pessoas já não invistam em querer conquistar o outro(a)....Nessa situação, pensa-se que já se conhece o outro(a)...

Puro engano....ninguém conhece verdadeiramente o outro(a)....

Tenta-se conhecer o outro, mas o outro só ele mesmo é que se conhece.....

A cada dia que passa.....

há que aprender a conhecer "de novo" o outro(a).....

aprender a descobrir o outro.....aprender a crescer com o outro....

aprender a evoluir com o outro....

A cada dia que passa...voltar a conquistar o outro(a).

 

publicado por antonioramalho às 20:12
sinto-me: Feliz por crescer......

22
Jan 09

A qualidade das nossas relações depende, sobretudo, da qualidade daquilo que damos....do amor que damos aos outros.....da afabilidade que dispensamos....da honestidade que transmitimos.....

Ou seja, aquilo que temos para receber em termos de relação.....é um espelho daquilo que damos.....daquilo que investimos nessa relação...daquilo que acreditamos nessa relação.....daquilo que somos nessa relação....

A qualidade duma relação depende dum equílibrio entre o dar eo receber....

Pretender querer receber sem dar....é utópico....

Dar sem receber...é transcendente...não está ao alcance de todos....

É necessário Ser para poder dar....

É necessário Ser e dar....para que tenhamos uma relação com qualidade....

publicado por antonioramalho às 11:05
sinto-me: feliz por me relacionar

...numa relação interpessoal...Porque a rigidez demonstra fragilidade...e porque a vida é dinâmica e exige uma adaptação contínua ás mudanças que acontecem no dia a dia...

Ter a capacidade de mudar de rumo...ou mesmo o sentido da caminhada...

Ter a capacidade de reconhecer um erro..e mudar a situação...

Ter a capacidade de reconhecer....que devemos parar, sobretudo o que for dominado pelo ego...

Ter a capacidade de saber lidar com todas as situações imprevistas.....

Ter a capacidade de ser espontâneo....

Se o Mundo, a vida, o Tempo, os momentos,,,,mudam contínuamente..só através da capacidade de adaptação podemos superar as dificuldades do dia a dia e aproveitarmos as oportunidades com que deparamos...

A relação a dois é dinâmica...Muda.....Muda ela própria...tal como as pessoas....E temos que nos adaptar á mudança de emprego, á mudança de residência, ao aparecimento dos filhos, á mudança de cada um de nós...

Só trabalhando essa dinâmica relacional..poderemos superar os obstáculos que a vida nos coloca...e ser feliz.... 

publicado por antonioramalho às 08:11
sinto-me: feliz por viver

15
Jan 09

Porque mesmo a rosa mais bela tem os seus espinhos.....

As dificuldades ou obstáculos fazem parte da vida......as relações humanas passam elas próprias por dificuldades.....

As dificuldades existem.....são parte integrante do nosso caminhar....a sós ou nas relações interpessoais...

A felicidade não existe sem dificuldades,....São elas que nos fazem crescer, na maioria dos casos....

Perceber que existem é meio caminho..para as superar...

Dialogar é essencial para que as dificuldades se ultrapassem....

Ter amor é crucial para ultrapassar as dificuldades....

publicado por antonioramalho às 15:24
sinto-me: Feliz por me relacionar

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
23
24

26
27
28
30
31


arquivos
mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.